Posts tagged ‘saúde’

Almoço pesado

prato-arroz-feijao

Já faz um tempo que falar sobre alimentação saudável está na moda, é o “mundo fit” de blogueiras, páginas no Facebook e perfis no Instagram. De repente, criou-se o culto ao “corpo malhado”, ao “#euresisti”, ao “chá devorador de gorduras” e por aí vai.

Acho ótima essa preocupação em melhorar os hábitos alimentares, em sair do sedentarismo, porém isso está tomando o caminho do exagero e, como sempre afirmo, gosto de equilíbrio.

De repente, a hora do almoço virou a hora mais estressante do dia de alguns: é a preocupação com as calorias, com a gordura, com o glúten, com a lactose, com os kg na balança, etc, etc, etc. Alimentar-se virou uma espécie de tormento, além de todas as preocupações que temos durante um dia todo,  agora comer também entrou nesse “hall”.

“Ué, mas não devemos nos preocupar com o que comemos?” Com certeza! O problema é: eu gostaria muito que as pessoas tivessem preocupação com o que estão comendo pois querem ter  SAÚDE, querem envelhecer sem precisarem andar com uma “farmácia na bolsa”. Mas essa tortura toda está vindo de uma “quase obrigação” de ter “corpos sarados”, “ser magra”, “barriga zero” que as pessoas vem se impondo.

Alimentar-se virou algo chato, antes dava prazer, mas agora é um mar de preocupações, quando não deveria ser assim. Não gosto de usar o termo “fazer dieta”, justamente por acreditar nessa “chatice”, nessa “obrigação”. Além disso, “dieta/ regime” geralmente tem prazo para terminar. Mas pense: você irá passar o resto da sua vida comendo, por que algo temporário traria resultados para o resto da vida?

Assim, acredito na mudança de hábitos, não só alimentar, chamo de hábitos de vida. Vamos ter uma vida saudável? Então por que não ter o prazer de ir em uma festa de aniversário e comer o brigadeiro sem culpa, de ir na pizzaria com os amigos ou um Happy Hour depois do trabalho? Não seriam situações sociais saudáveis para nosso estado de espírito?

O importante é buscar o equilíbrio, ter consciência do que está adotando para sua vida. Não deve-se transformar a hora do almoço em uma “balança de calorias”. É importante ter o conhecimento do que se está comendo, mas não transformar isso em tortura, em “almoço pesado”. Chamo de comer com responsabilidade! Exemplo: você sabe que fritura não é saudável, mas hoje optou pelo peixe frito porque deu vontade. Sem problemas! Na hora do jantar você não repete a fritura.

O que vai prejudicar nossa saúde não é “o brigadeiro da festa de aniversário”, mas o peso que estamos colocando em seguir padrões de beleza que, muitas vezes, são impossíveis para a maioria da população. Coloque a sua saúde em primeiro lugar, pois tenho certeza que adotar hábitos de vida equilibrados irão trazer também os benefícios estéticos!

E aproveito o post para fazer um ALERTA sobre essa moda de seguir recomendações de pessoas que não tiveram formação para elaborar uma dieta, de pessoas que são patrocinadas para falar de determinado produto, de pessoas que estão visando “fama instantânea”. Isso COLOCA A SAÚDE EM RISCO.

Pense: você pediria para um advogado fazer o projeto de sua casa? Ou para um engenheiro que cuidasse dos seus dentes? E por que fazer isso com sua alimentação? Está com dúvidas? Quer melhorar a qualidade da alimentação? Está super motivado(a) para mudar de hábitos e não sabe como? Busque a orientação do Nutricionista!

Gostou do post? Compartilhe, comente!

*Texto de autoria própria. Caso o reproduza por completo ou em partes coloque os créditos e me informe.

Anúncios

28/08/2014 at 12:30 pm Deixe um comentário

O que vc faria para emagrecer?

fita

A cada dia vejo uma novidade para quem quer emagrecer, a última polêmica tinha sido a dieta por sonda (normalmente utilizada para pessoas em risco nutricional no hospital, com prejuízo na ingestão de alimentos, com graves problemas de saúde). Agora, vi a notícia de uma espécie de “atadura” que é colocada na língua da pessoa (pela imagem parece costurada). A pessoa sente dor ao comer alimentos sólidos e então tem que se alimentar de líquidos e emagrece. Além da dor, tem os efeitos colaterais de problemas na fala e no sono.

No hospital, o Nutricionista tem grande dificuldade em equilibrar uma dieta líquida/ pastosa para um paciente que não consegue ingerir sólidos, é necessário usar de suplementos calóricos, de módulos de fibras para que o intestino do paciente funcione, além da preocupação com a perda de peso deste paciente. O Nutricionista trabalha para evoluir esta dieta, ou seja, sair do padrão líquido/ pastoso para os sólidos o mais rápido possível, pois a perda de peso é muito rápida e engana-se quem ache que esta perda de peso seja saudável.

Então, além da dor, do problema para dormir e falar, a atadura na língua ainda poderia trazer problemas sérios para a saúde dessas pessoas. No fim da história, o custo (para a saúde principalmente) desse emagrecimento pode ser muito alto.

Sei que emagrecer não é fácil, a mudança de hábitos alimentares depende de muitos fatores e é um processo longo. Mas pergunto: é mais fácil passar por um processo tão doloroso e prejudicial a saúde? Até onde vc iria para conseguir um resultado rápido?

Pessoas que estão buscando por um milagre para emagrecer, por resultados rápidos são vítimas dos padrões de beleza impostos pela sociedade. Elas ainda não se deram conta de que a perda de peso é importante pelo fato da obesidade ser uma doença, que traz com ela maior risco de parada cardíaca, problemas nas articulações, Diabetes, Hipertensão, entre outras doenças associadas.

Enquanto a obesidade for encarada por muitos somente como um problema estético, os “métodos milagrosos” serão colocados em prática e colocarão em risco ainda maior a saúde das pessoas. Não entendo como estes procedimentos podem ser difundidos por médicos, eles sabem que não existem milagres, não deveriam alimentar essa busca, deveriam conscientizar as pessoas para a doença Obesidade.

Assim, fica aí para a reflexão de quem está querendo perder peso: vc se importa com a sua saúde? Então mude seu estilo de vida, comece mudar aos poucos, mudar o estilo de vida tb não é um milagre, é uma mudança que deve ser colocada em prática aos poucos, até tornar-se parte de sua nova e saudável vida, acredite que este é sim o caminha mais fácil.

*Texto de autoria própria. Caso o reproduza por completo ou em partes coloque os créditos e me informe.

Posts relacionados: “O principal investimento na saúde é alimentar-se bem” e “A mídia e o possível prejuízo a saúde”

11/06/2013 at 4:45 pm Deixe um comentário

Facebook

CURTIR01

 

Para quem ainda não conhece, criei uma página no Facebook e convido a todos a conhece-la, clicando AQUI.

Curta minha página e fique por dentro das últimas notícias sobre #saúde e #nutrição, dicas sobre alimentos, informações importantes para o seu dia a dia, que podem ajudar na mudança de seus hábitos alimentares.

 

 

 

01/06/2013 at 10:59 am Deixe um comentário

“Eu sou saudável, eu <3"

Hoje inicio a ideia “Eu sou saudável. Eu <3”.

Em meio a tantos alimentos industrializados, ricos em calorias, gorduras e açúcares sendo promovidos pela mídia, resolvi criar esta campanha para promover os alimentos saudáveis que gostamos e que devem fazer parte dos nosso hábitos alimentares diários.

Afinal, por que não declarar o nosso amor por alimentos tão gostosos como chuchu, pela cenoura, pela maçã, etc?

Curta a Fan Page no Facebook , acompanhe e compartilhe!

Eu sou saudável, Eu <3 cenoura!

Leia também: O principal investimento na saúde é alimentar-se bem.

17/04/2013 at 11:39 am Deixe um comentário

“O principal investimento na saúde é alimentar-se bem”

“Alimentar-se bem” pode significar, para muitos, colocar bastante comida no prato e sair da mesa com aquela sensação de quem precisa dormir. Porém, comer exageradamente está longe de nutrir o organismo.

O que é nutrir?  

Nutrir é oferecer ao seu organismo todas as vitaminas, minerais, antioxidantes e energia para que ele mantenha-se funcionando, para que possa fazer novas células, combater vírus e bactérias, ou seja, é oferecer o que ele necessita para manter-se saudável!

Esses nutrientes só estarão presentes no seu organismo se você oferecer, diariamente, legumes, verduras e frutas, grãos integrais, fontes de proteínas (carnes bovina, de aves, de peixes) e  de gorduras “boas” (nozes, castanhas, azeite, por exemplo).

E quando falo em investimento, não é somente o investimento financeiro, mas investir tempo e dar prioridade aos momentos da alimentação.

Assim, proponho que faça uma reflexão:

– Você se permite fazer as suas refeições tranquilamente?

– Quantas refeições tem pulado para poder se dedicar às outras atividades?

– Quantas vezes, no supermercado, você já comprou os produtos pelos seus ingredientes e informações nutricionais e não somente pelo menor preço?

– Quantas vezes você já comeu aquele pastel de feira ou o cachorro-quente apenas para economizar dinheiro?

– Quantas vezes você deixou de cozinhar apenas por ter preguiça e almoçou um macarrão instantâneo?

Reflita sobre estas questões. E pense em como você gostaria que fosse o seu futuro, pense se não vale mais a pena investir hoje na sua saúde do que em medicamentos no futuro.

“O principal investimento na saúde é alimentar-se bem” esta frase é da Dra. Denise Carreiro, palestrante no Seminário de Nutrição Funcional. Acredito que devemos sempre lembrar dela como uma motivadora a buscarmos uma qualidade de vida melhor por meio dos alimentos.

*Texto de autoria própria. Caso o reproduza por completo ou em partes coloque os créditos e me informe.

Leia também: “Entendendo o Rótulo dos Alimentos”  e Não esqueça o feijão!

06/07/2012 at 12:46 pm 1 comentário


Tópicos recentes

Calendário

outubro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Acessos

  • 40,748 hits

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.


%d blogueiros gostam disto: