Posts tagged ‘Itokonnyaku’

Existe realmente milagre no macarrão japonês?

Imagem retirada de http://www.konjacfoods.com

O novo queridinho da mídia das dietas agora é um macarrão japonês, chamado Itokonnyaku ou Shirataki. Já o vi em matérias na TV esses dias e agora está na capa de uma revista de grande circulação e, em todas elas, aparece como “macarrão milagroso”.

Primeiramente, quero deixar claro que: se realmente existisse um modo de perder peso de maneira rápida e saudável, certamente todos os médicos e nutricionistas recorreriam a este recurso. Entretanto, não existe ainda o tal “milagre”, o que existe é a reeducação alimentar, o qual recomenda-se a todo paciente.

Agora, vamos ao Itokonnyaku. Este macarrão é consumido há milhares de anos pelos japoneses, originado de uma raiz chamada konjac, que possui grande quantidade de glucomannan, um tipo de fibra solúvel.

Os estudos com o glucomannan, mostram que ele absorve muita água, dando maior sensação de saciedade e, devido à alta viscosidade, há diminuição na velocidade de esvaziamento do estômago, fazendo com que essa sensação se prolongue por mais tempo. Está aí o segredo do macarrão no processo de perda de peso: com maior saciedade e por um período prolongado, a ingestão de outros alimentos diminui, reduzindo o total de calorias de um dia.

Os benefícios da fibra estendem-se ao intestino: por não ser degradada no estômago, ao chegar ao intestino, as bactérias realizam a fermentação produzindo ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), importantes na manutenção da microbiota intestinal. Outro benefício que alguns estudos vem apresentando é a redução nos níveis de colesterol LDL (o colesterol ruim), atribuídos à capacidade de formar gel, onde o colesterol liga-se à fibra e é excretado junto com as fezes, assim menos colesterol é absorvido pelo intestino.

Os benefícios do glucomannan são encontrados em outros alimentos que também possuem fibra solúvel, a diferença é que o glucomannan possui capacidade muito maior de absorção de água e de formar gel. Portanto, consumir o macarrão realmente parece promissor, mas o objetivo do meu texto é alertar para que as pessoas não vejam este macarrão como a solução do seu problema com a balança.

Cuidado com exageros! O macarrão é constituído basicamente de fibra solúvel, fornece poucas calorias, ótimo para quem está de dieta, mas ele não fornece carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais. Uma alimentação saudável depende do equilíbrio de todos esses nutrientes. Além disso, a ingestão excessiva de fibras pode prejudicar a absorção das vitaminas e minerais. O recomendando é que se consuma 20g a 30g de fibra por dia, sendo 5 a 10g do tipo solúvel. Um prato do Shirataki (250g) já fornece em torno de 3g de fibra solúvel e nada da insolúvel.

Desta forma, você pode incluir este alimento no seu cardápio, o que significa mais um alimento e não um substituto de suas refeições diárias. Ao utiliza-lo, enriqueça a refeição com legumes e verduras e não se esqueça de incluir uma carne magra (filé de frango ou peixe grelhado). E, como já citei acima, outros alimentos possuem fibra solúvel, como o feijão, que ainda fornece vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais. Então, procure variar a sua dieta, incluindo frutas e verduras, onde irá obter os benefícios dos dois tipos de fibras além das vitaminas, minerais e antioxidantes.

Lembre-se: a perda de peso depende de uma mudança nos hábitos alimentares! Não busque perder peso apenas pra melhorar a aparência, busque uma saúde melhor, o que significa uma alimentação equilibrada (a perda de peso virá como consequência). Procure a orientação de um Nutricionista, não se arrisque em dietas malucas.

Referências consultadas:

González Canga A., Fernández Martínez N., Sahagún A. M.ª, García Vieitez J. J., Díez Liébana M.ª J., Calle Pardo Á. P. et al . Glucomanano: propiedades y aplicaciones terapéuticas. Nutr. Hosp.  [revista en la Internet]. 2004.

Sposito Andrei C., Caramelli Bruno, Fonseca Francisco A. H., Bertolami Marcelo C., Afiune Neto Abrahão, Souza Aguinaldo David et al . IV Diretriz Brasileira sobre Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose: Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Arq. Bras. Cardiol. 2007.

*Texto de autoria própria. Caso o reproduza por completo ou em partes coloque os créditos e me informe.

Anúncios

12/03/2012 at 11:57 pm 1 comentário


Tópicos recentes

Calendário

outubro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Acessos

  • 40,748 hits

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.


%d blogueiros gostam disto: